Feira Histórica e Tradicional de Vilarinho do Bairro

Feira Histórica e Tradicional de Vilarinho do Bairro

Entre os dias 14 e 16 de Julho, vai realizar-se, em Vilarinho do Bairro (concelho de Anadia e distrito de Aveiro) a Feira Histórica e Tradicional de Vilarinho do Bairro, a qual promete voltar a surpreender todos os visitantes, com muitas e diversificadas surpresas reservadas para o evento.

A iniciativa decorrerá no mesmo local, o Largo da Saudade, junto à Igreja e cemitério, e em moldes semelhantes aos do ano passado, através da qual se pretende recriar a história do território, preservando as suas tradições e homenageando as suas gentes.

Ao longo de três dias, a Feira Histórica e Tradicional de Vilarinho do Bairro proporcionará uma viagem no tempo, numa recriação do ambiente da Idade Média. Desde grinaldas a licores artesanais, passando pelos, brinquedos de madeira, crepes, bebidas e comidas da época, doces conventuais, joalharia, marroquinaria, artes de adivinhação e frutos secos caramelizados, entre tantos outros, a oferta de produtos e serviços promete corresponder às expectativas mais exigentes.

A animação no evento, que é de entrada livre, não será descurada. Assim, e para além de artesãos a trabalhar ao vivo, a presença constante de animadores trajados a rigor, malabaristas e outros figurantes no recinto, transportarão os visitantes para um universo medieval.

A iniciativa contará ainda com a participação de diferentes coletividades e associações da freguesia, que colocação ao dispor de todos os visitantes uma grande variedade de comidas e bebidas tradicionais.

Venham daí e tragam um amigo. Vamos fazer desta Festa Histórica e Tradicional a vossa e nossa Festa

«Vilarinho do Bairro é uma terra bastante antiga. Existem referências a Vilarinho do Bairro já na primeira metade do século XI. Em 1149, na relação das propriedades do mosteiro da Vacariça, que ficavam entre os rios Vouga e Mondego. Vilarinho, tal qual Óis, não surgia acompanhada do sobrenome determinativo “Bairro”. Aliás, em 1061, Vilarinho (do Bairro) é referenciada apenas como “ad partem solis ocasum Vilarinum (“Portugalia Munumenta Histórica Diplomata”, página 357). De resto, os párocos, quando faziam os assentos, por 1600, grafavam apenas Vilarinho.

Vilarinho do Bairro foi do bispado de Coimbra, de padroado régio, conforme consta do respectivo rol, entre várias outras igrejas. Há uma das terras que hoje integra a freguesia, Levira, que foi doada ao Mosteiro da Vacariça, tal como acontecia com Lázaro, ambas citadas em documento, datado de 1020, fazendo limite com Vilarinho do Bairro. Como também fazia Samia (Samel), também já há referências a Vilarinho do Bairro na primeira metade do século XI.

[Esta] Terra era importante pois o rei D. Manuel I concedeu-lhe foral, aos seis dias de Março de 1514, constante de onze folhas, criando assim um pequeno concelho. Nesse Foral que concedia alguma alforria administrativa aos habitantes, vêm mencionadas terras e lugares que venceram pelo menos quinhentos anos e outras que terão desaparecido. Estão no primeiro caso: Torres que produzia pão, vinho e linho, com que pagavam ao senhorio, o rei, (Torres, tal qual Vilarinho, pertencia, no século XIV a Martim Lourenço da Cunha, terras que recebera de D. Afonso IV, por carta de 3 de Fevereiro de 1355, por troca com Pombeiro da Beira).» (in Wikipédia)

Mais informações sobre a Feira Histórica e Tradicional podem ser obtidas através do correio electrónico: geral@vilarinhodobairro.pt ou através do telefone/telemóvel 231950680 / 937084665.

Data
Ficha de Inscrição até 16/07/2018
Regulamento e Ficha de Inscrição até 16/07/2018